Notícias e entretenimento nerd!

Disney e Marvel mataram o sexy no cinema?

0

Disney e Marvel são culpadas pela falta de cenas sensuais em filmes, apontam especialistas

Apesar do sucesso de thrillers eróticos em serviços de streaming, a sensualidade não é tão popular na tela grande. Especialistas apontam a Disney e a Marvel como as culpadas por essa falta de cenas ousadas.

Embora seja verdade que as produções da Marvel e da Disney tenham poucas cenas de sexo, isso não é o ponto central. As pessoas não assistem a remakes de desenhos animados clássicos em live-action, à última aventura da Pixar ou a uma adaptação de quadrinhos para ver cenas picantes. Mesmo Eternos, que fez alarde sobre ter a primeira cena de amor do MCU, acabou sendo tão seco quanto seu pano de fundo.

Mercado Chinês

Uma das razões pela qual a sensualidade não está mais em alta nos filmes é o mercado chinês. Em entrevista com a professora universitária Shawna Kidman, ela apontou que a entrada no mercado chinês tornou-se essencial em meados dos anos 2010 para qualquer grande filme obter sucesso. Com os censores chineses, nem sempre é claro o que será permitido ou não. Ter uma cena sexual, mesmo sem nudez, pode ser considerado um risco. Kidman aponta diretamente para a Disney e a Marvel: “Eu meio que culpo a Marvel e a Disney. Se você assistiu a um filme nos anos 80, 90 ou 2000, provavelmente o viu porque era estrelado por alguém. As estrelas de cinema não abrem mais filmes. Personagens super-heróis fazem”.

  Gotham Knights Cancelada! Fãs desolados com o fim da série.

Embora essa seja uma generalização exagerada, as produções independentes ainda podem explorar livremente o tema, mas dificilmente receberão os orçamentos grandiosos dos blockbusters das produtoras gigantes do cinema.

Notícia
As produções da Disney e da Marvel evitam cenas picantes em seus filmes, devido aos riscos de censura na China e à escolha da produtora em focar nos personagens mais do que nas relações amorosas. As produções independentes ainda podem explorar o tema livremente, mas dificilmente receberão orçamentos grandiosos como os blockbusters das produtoras gigantes do cinema.

Com informações do WE GOT THIS COVERED:

Leave A Reply

Your email address will not be published.