Notícias e entretenimento nerd!

Disney Plus Apaga Implacavelmente Blockbuster de 50 Milhões em Apenas 7 Semanas

0

A Disney Plus remove o filme Crater de sua biblioteca apenas 7 semanas após a estreia

A Disney Plus implacavelmente apaga um blockbuster de ficção científica de $50 milhões de existência apenas 7 semanas após sua estreia

Em um recente acontecimento, a Disney Plus decidiu remover o filme Crater de sua biblioteca de conteúdo. Essa purga contínua de conteúdo empreendida por vários serviços de streaming tem sido impiedosa, e a exclusão desse filme pode ser considerada um golpe ainda mais implacável.

Dirigido por Kyle Patrick Alvarez e com um orçamento superior a $50 milhões, Crater é uma aventura de ficção científica que segue a jornada de um adolescente se preparando para ser realocado para um planeta distante. No entanto, ele decide recrutar seus amigos e partir em uma missão para cumprir o último desejo de seu pai recentemente falecido. Embora o filme tenha recebido críticas geralmente positivas, a falta de campanhas de marketing fez com que poucos soubessem da existência do filme, resultando em baixo desempenho em termos de audiência.

A surpresa dessa situação é que Crater estreou apenas em 12 de maio e foi disponibilizado aos assinantes da Disney Plus por apenas sete semanas antes de ser completamente excluído. Essa atitude é cruel, mas não totalmente surpreendente considerando a estratégia adotada pela gigante do entretenimento.

A remoção prematura do filme levanta dúvidas sobre o motivo por trás dessa decisão repentina. Será que o desempenho aquém do esperado influenciou diretamente? Ou talvez tenha sido apenas uma questão de priorização de outros conteúdos mais rentáveis? Infelizmente, até o momento, não temos informações concretas para responder a essas perguntas.

Independentemente das razões, essa ação impacta significativamente os criadores, elenco e equipe envolvida na produção. Além disso, os espectadores que tinham interesse no filme e esperavam desfrutar da história promissora serão privados dessa oportunidade.

A menos que outra empresa intervenha para adquirir os direitos de distribuição do filme, existe o risco real de que ele caia no esquecimento completo, o que é uma pena considerando o conceito interessante e o investimento significativo em seu desenvolvimento.

O episódio envolvendo Crater destaca as tensões e complexidades presentes na indústria do streaming. Embora as plataformas tenham o poder de trazer conteúdo inovador ao público, também podem optar por retirá-lo sem aviso prévio ou explicação clara.

No entanto, é importante ressaltar que essa não é uma prática exclusiva da Disney Plus. A purga de conteúdo tem sido amplamente adotada por várias empresas de streaming como medida para reestruturar sua biblioteca e atender aos diferentes gostos do público.

Em suma, a exclusão do filme Crater pela Disney Plus levanta questionamentos pertinentes sobre os critérios utilizados na tomada de decisão sobre quais projetos ficam ou saem da plataforma. A falta de transparência deixará muitos fãs desapontados sem a possibilidade de assistir a um filme potencialmente promissor.

Notícia Resumo
Título: O filme “Crater” é removido da Disney Plus
Data de estreia: 12 de maio
Duração na plataforma: 7 semanas
Gênero: Aventura de ficção científica
Orçamento: Superior a $50 milhões
Recepção: Críticas geralmente positivas, mas baixo desempenho em audiência
Motivo da remoção: Não divulgado
Impacto: Prejudica criadores, elenco e equipe envolvida na produção, além de privar espectadores da oportunidade de assistir ao filme
Risco de esquecimento: Se não adquirir direitos de distribuição, o filme pode ser esquecido
Contexto: Purga de conteúdo é uma prática comum em várias plataformas de streaming
Conclusão: A exclusão de “Crater” levanta questionamentos sobre os critérios de decisão da Disney Plus e deixa fãs desapontados
  Spielberg estraga Snowy, o cão de Tintin em filme CGI

Com informações do We Got This Covered.

Leave A Reply

Your email address will not be published.