Notícias e entretenimento nerd!

Indiana Jones e o Poder do Destino: Diretor defende final audacioso enquanto filme divide opiniões!

0

‘Indiana Jones and the Dial of Destiny’ director addresses contentious final act

O diretor de “Indiana Jones and the Dial of Destiny” defendeu o polêmico final do filme. Em uma entrevista para a Variety, James Mangold explicou sua abordagem ambiciosa e como ela se encaixa na narrativa da franquia.

Muitos fãs criticaram o último ato deste icônico herói de ação, mas Mangold lembrou que nos filmes anteriores, Indiana Jones já enfrentou objetos mágicos, rituais vodus e até mesmo aliens verdes. A viagem no tempo, segundo o diretor, era uma forma de trazer algo novo para a história.

“Eu queria surpreender o público. A ideia de voltar ao passado e impedir Mads de realizar suas atividades nefastas seria previsível. Eu queria algo ousado, uma reviravolta que caracterizasse os filmes da franquia. Não é mais ousado do que fantasmas saindo de uma caixa e derretendo a cabeça das pessoas ou um cavaleiro de 700 anos em uma caverna para todo o sempre”, disse Mangold.

No entanto, apesar da intenção do diretor, o final absurdo do filme não foi bem recebido por muitos espectadores. A adesão persistente aos duvidosos efeitos visuais também contribuiu para a decepção.

Mesmo assim, Indiana Jones continua sendo um ícone do cinema de ação, e “Indiana Jones and the Dial of Destiny” certamente irá gerar discussões entre os fãs da franquia.

Notícia:
Com base nas projeções atuais de bilheteria, “Indiana Jones and the Dial of Destiny” não vai decolar nas bilheterias neste final de semana.
O diretor James Mangold defendeu a abordagem ambiciosa do filme em uma entrevista para a Variety.
O final absurdo de “Indiana Jones and the Dial of Destiny” não é ajudado pelos duvidosos efeitos visuais que têm prejudicado muitos blockbusters modernos.
  Bill Doeren: legado no cinema e inovação.

Com informações do We Got This Covered.

Leave A Reply

Your email address will not be published.