Notícias e entretenimento nerd!

Jedi Master Qui-Gon Jinn tinha um romance secreto e isso pode ter mudado o destino de Anakin Skywalker!

0

Qui-Gon Jinn: o lado romântico não revelado do Jedi

Master & Apprentice, livro escrito por Claudia Gray, revelou um novo amor na vida de um dos Jedi mais respeitados pelos fãs de Star Wars: Qui-Gon Jinn. Aproximadamente oito anos antes dos eventos de Star Wars: Episódio I – A Ameaça Fantasma, Qui-Gon é reunido com um velho amigo chamado Rael Aveross. Descobrindo que Aveross estava tendo um caso sem compromissos com uma mulher, os dois discutem as consequências das ações do amigo e é nesse momento que ele contrapõe uma ideia que vai contra os preceitos Jedi.

“Se apaixonar – é isso que o Código Jedi proíbe”, diz ele. “Eu posso ter violado algumas regras, mas não o espírito. Em Felucia, você despedaçou em pedacinhos o espírito dessa lei”. Embora nada mais tenha sido revelado sobre o relacionamento anterior de Qui-Gon ou mesmo a identidade da pessoa por quem ele se apaixonou, fica claro que esse foi um relacionamento profundo e duradouro.

Este amor não revelado pode ter sido uma peça importante no desenvolvimento da trama de Anakin Skywalker. A abolição dos vínculos pessoais era uma das principais crenças da religião Jedi e um romance poderia levar a tomada de decisões egoístas e ao lado negro da Força. Foi justamente esse dogma que levou Anakin Skywalker a esconder seu casamento com Padmé Amidala e acabar sendo manipulado por Darth Sidious para ser transformado em Darth Vader.

A história de amor nunca revelada de Qui-Gon Jinn mostra que a proibição dos laços afetivos pode não ser tão preto no branco quanto parece. O romance e as emoções fazem parte da experiência humana, e os Jedi tinham medo de discuti-los abertamente, o que poderia ter influenciado fortemente no desenvolvimento da história de Anakin. Se Qui-Gon tivesse testemunhado o amor entre Anakin e Padmé, é possível que ele teria compartilhado sua própria história e ensinado Anakin a lidar com seus sentimentos de uma forma mais saudável.

Qui-Gon Jinn foi um dos Jedi mais respeitados não apenas por seus poderes, mas por sua mente aberta em relação ao Código Jedi. Ele respeitava o Conselho Jedi, mas também recusava seguir cegamente suas ordens. Ele era um homem que acreditava nas profecias dos antigos místicos em vez de duvidá-las e permitiu-se apaixonar antes de voltar para a Ordem Jedi. Sua perspectiva única tornou-o um verdadeiro líder.

No entanto, a morte precoce de Qui-Gon privou não apenas Anakin Skywalker, mas também Obi-Wan Kenobi dessa influência importante. E se eles soubessem do amor secreto de Qui-Gon? Isso teria permitido aos jovens padawans encontrar soluções compartilhando experiências? Teriam admitido abertamente seus sentimentos em vez de escondê-los por medo das consequências do Código Jedi?

Em resumo, a história até então desconhecida sobre o amor de Qui-Gon Jinn levanta questões importantes sobre a natureza dos ensinamentos Jedi e a possibilidade de terem criado uma cultura de vergonha e medo para aqueles que experimentarem emoções humanas naturais. As consequências disso se mostraram inegáveis na história da queda de Anakin Skywalker. Com certeza há muitas histórias de amor ainda por serem reveladas em Star Wars, mas a de Qui-Gon Jinn pode ser a mais importante de todas.

Notícia
Em Master & Apprentice, livro escrito por Claudia Gray, é revelado que Qui-Gon Jinn teve um relacionamento profundo e duradouro com alguém antes dos eventos de Star Wars: Episódio I – A Ameaça Fantasma.
Esse amor não revelado pode ter sido uma peça importante no desenvolvimento da trama de Anakin Skywalker, já que a abolição dos vínculos pessoais era uma das principais crenças da religião Jedi e um romance poderia levar à tomada de decisões egoístas e ao lado negro da Força.
A história de amor nunca revelada de Qui-Gon Jinn mostra que a proibição dos laços afetivos pode não ser tão preto no branco quanto parece e levanta questões importantes sobre a natureza dos ensinamentos Jedi e a possibilidade de terem criado uma cultura de vergonha e medo para aqueles que experimentarem emoções humanas naturais.
  Novo traje do Capitão América e vilão interpretado por Seth Rollins em fotos de CAPTAIN AMERICA: NEW WORLD ORDER

Com informações do SITE Screen Rant:

Leave A Reply

Your email address will not be published.