Notícias e entretenimento nerd!

NETFLIX REVELA história REAL de ABUSO INFANTIL na FLÓRIDA: choque e comoção!

0

Documentário na Netflix conta a história real de mãe que luta para recuperar a guarda da filha

O documentário “O Mistério de Maya” está disponível na Netflix e conta a história real de Beata Kowalski, uma mãe que luta para recuperar a guarda da filha após ser acusada de abuso de incapaz por uma médica.

A história ocorreu entre 2016 e 2017 em St. Petersburg, na Flórida, nos EUA. Beata levou sua filha Maya ao hospital infantil John Hopkins para tratar de uma síndrome da dor regional complexa (CRPS). Diante do diagnóstico grave de Maya, Beata solicitou aos médicos uma dose alta de cetamina, o que levou a Dra. Sally Smith, diretora médica do Condado de Pinellas, a desconfiar da solicitação.

A Dra. Smith acusou a família Kowalski de abuso de incapaz por meio da comunicação com o Conselho Tutelar nas mínimas suspeitas. Segundo um artigo do The Cut, intitulado “The True Story Behind Take Care of Maya”, Beata sofria de Síndrome de Munchausen, uma desordem psicológica que faz pais e cuidadores fingirem doenças nos filhos para ganhar simpatia, atenção e dinheiro. A denúncia feita pela Dra. Smith fez com que os pais de Maya fossem expulsos do hospital e perdessem a guarda da filha, dando início a uma longa batalha judicial para recuperá-la.

No entanto, a história não teve um final feliz. Depois de ficar separada da filha por 87 dias, Beata adoeceu mentalmente e acabou cometendo suicídio quando tinha apenas 43 anos. No mês seguinte, a guarda de Maya foi restaurada ao pai, e a Dra. Smith nunca respondeu legalmente por seus crimes e chegou a se aposentar em 2023.

  Christine Quinn prevê fim de Selling Sunset após nova temporada

Atualmente, Maya tem 17 anos e vive com o pai na Flórida. O documentário trouxe à tona as falhas do sistema de saúde americano e a crueldade humana. Muitos assinantes estão impressionados com os acontecimentos e compartilharam suas reações nas redes sociais, expressando sua revolta diante da situação.

Em resumo, o documentário “O Mistério de Maya” conta uma história real que aborda dramas familiares e deficiências do sistema médico americano e como isso afeta a vida das pessoas envolvidas. O enredo é triste e angustiante, deixando o público indignado com as consequências que geraram desfechos dolorosos para Beata e sua família. O documentário provoca reflexões sobre questões sérias da sociedade atual que merecem atenção.

Notícia O documentário “O Mistério de Maya” chegou ao catálogo da Netflix recentemente e tem chamado a atenção dos assinantes da plataforma. A trama é inspirada em um caso real que ocorreu entre 2016 e 2017 em St. Petersburg, na Flórida, nos EUA.
Enredo O documentário conta a história real de Beata Kowalski, mãe de Maya, que levou a filha ao hospital infantil John Hopkins para tratar de uma síndrome da dor regional complexa (CRPS). Diante do grave diagnóstico de Maya, Beata solicitou aos médicos uma dose alta de cetamina, o que levou a Dra. Sally Smith, diretora médica do Condado de Pinellas, a desconfiar da solicitação. A Dra. Smith acusou a família Kowalski de abuso de incapaz por meio da comunicação com o Conselho Tutelar nas mínimas suspeitas. Isso fez com que os pais de Maya fossem expulsos do hospital e perdessem a guarda da filha, dando início a uma longa batalha judicial para recuperá-la.
Desfecho Depois de ficar separada da filha por 87 dias, Beata adoeceu mentalmente e acabou cometendo suicídio quando tinha apenas 43 anos. No mês seguinte, a guarda de Maya foi restaurada ao pai, e a Dra. Smith nunca respondeu legalmente por seus crimes e chegou a se aposentar em 2023.
  Sylvester Stallone e Ace Ventura se unem em trailer bizarro de AI para Cliffhanger 2: RACCOON MOUNTAIN

Com informações do CINEPOP, o artigo fala sobre “O mistério de Maya: a traumatizante história real por trás do sucesso da Netflix”.

Leave A Reply

Your email address will not be published.