Notícias e entretenimento nerd!

OBCECADO! Hitchcock Mudou a Forma Como Vemos Filmes no Cinema há 63 Anos

0

O legado duradouro de Psicose, de Alfred Hitchcock

O clássico do cinema Psicose, dirigido por Alfred Hitchcock, continua a ser uma referência icônica após 63 anos de seu lançamento. Como um dos primeiros filmes slasher já feitos, Psicose é um filme indispensável para os amantes do cinema, com reviravoltas inesquecíveis, uma trilha sonora arrepiante e um protagonista monstruoso em Norman Bates. Sua influência cultural ultrapassa a famosa cena do chuveiro, com Hollywood prestando homenagens ao tema e ao antagonista deste filme lendário.

O filme estreou em 1960 com críticas mistas, sendo considerado inicialmente melodramático e perturbador demais. No entanto, ao longo dos anos, Psicose foi reconhecido como um filme revolucionário, com sua narrativa inventiva, combinação de horror psicológico e violência, além de seu final surpreendente icônico. Para manter a imersão do público durante a experiência de visualização, Hitchcock adotou uma abordagem única na publicidade do filme. Ele narrou os trailers com poucas cenas e proibiu entrevistas com as estrelas para manter o segredo em torno da trama.

Mas uma das maiores contribuições de Psicose para o cinema foi a proibição de entrada tardia nos cinemas dos Estados Unidos. Antes disso, era comum que o público chegasse no meio de um filme apenas para ver uma estrela ou aproveitar uma rápida diversão. Hitchcock queria garantir que os espectadores assistissem a Psicose do início ao fim, e essa nova política de não permitir entradas tardias foi implementada. Embora inicialmente houvesse resistência, a medida criou uma atmosfera de evento cinematográfico, com filas de pessoas esperando para ver um filme.

  Henry Cavill e Guy Ritchie se reúnem em novo filme de espionagem baseado em fatos reais.

A decisão de Hitchcock foi baseada nas reviravoltas na trama do filme, especialmente na famosa cena do chuveiro. O diretor temia que aqueles que entrassem no cinema tarde ficassem confusos e decepcionados se a personagem principal, interpretada por Janet Leigh, já tivesse sido assassinada quando chegassem. Ao insistir para que ninguém chegasse tarde, Hitchcock queria garantir que cada espectador experimentasse as emoções intensas proporcionadas por Psicose.

Notícia
O filme Psicose, dirigido por Alfred Hitchcock, é o filme mais reconhecido do diretor e deu início a uma tendência no cinema que tem sido seguida pelo público há 63 anos.
Considerado um dos primeiros filmes slasher já feitos, Psicose é considerado uma visualização essencial para os amantes do cinema por suas reviravoltas memoráveis na trama, uma trilha sonora arrepiante e um protagonista monstruoso em Norman Bates.
Hollywood continua prestando homenagens ao tema, antagonista e à famosa cena do chuveiro de Psicose, fazendo referências e replicando-os em outros filmes.
Psicose estreou em 1960 com críticas mistas, mas hoje é amplamente elogiado como um filme revolucionário por sua narrativa inventiva, sua combinação de horror psicológico e violência, além de seu final surpreendente icônico.
Psicose foi o primeiro filme lançado nos Estados Unidos a proibir a entrada tardia, criando filas de pessoas esperando para ver um filme e reforçando a atmosfera de evento cinematográfico.
Hitchcock insistiu que Psicose não tivesse entrada tardia para garantir que cada espectador ficasse satisfeito, chocado e horrorizado com as emoções proporcionadas pelo filme.

Com informações do Screen Rant.

Leave A Reply

Your email address will not be published.