Notícias e entretenimento nerd!

Psiquiatra revela: Walter White é um Narcisista desde o Episódio 1 de Breaking Bad!

0

Psiquiatra analisa personagem de Breaking Bad e encontra tendências narcisistas em Walter White desde o início

No primeiro episódio da série de televisão “Breaking Bad”, criada por Vince Gilligan e lançada pela AMC em 2008, Walter White (interpretado por Bryan Cranston) começa a sua transformação em um dos mais perigosos barões das drogas em New Mexico, **machucando as pessoas ao seu redor enquanto ganha poder e notoriedade**. O Dr. Eric Bender, psiquiatra, analisou o personagem e afirma que há muito mais em Walt do que um homem que lentamente se torna um vilão ao longo do tempo como resultado de circunstâncias extremas; segundo o psiquiatra, **ele tem tendências narcisistas desde o início**.

Mesmo antes de se transformar em Heisenberg, **Walter White já apresentava atitudes egocêntricas e frias que indicavam essas características desde o início**. Ao iniciar uma empreitada criminosa sabendo que **afetaria negativamente a saúde das pessoas** – conforme explicado pelo Dr. Bender -, demonstra essa auto-centralização e gostosidade. Porém, apesar dessas características humanas inatas, é difícil negar também a influência das circunstâncias na formação de Walter White: quando é diagnosticado com câncer incurável no início da série, ele perde completamente o controle sobre sua vida e é impulsionado para uma jornada obscura e perigosa.

Embora seja possível argumentar que as qualidades narcisistas de Walter já eram evidentes no primeiro episódio de Breaking Bad, é discutível se elas teriam se manifestado com a mesma intensidade se ele não tivesse sido diagnosticado com câncer. Vince Gilligan criou um anti-herói verdadeiramente incomum: um homem que é, ao mesmo tempo, simpático e detestável, contendo uma escuridão inata enquanto circunstâncias extremas a fazem emergir ainda mais.

  Entrevista com Virginia Gardner e Dylan Sprouse sobre Beautiful Disaster

Em resumo, **Walter tem características narcisistas desde o início da série** e esse egoísmo é refletido na sua escolha de iniciar uma carreira criminosa prejudicial à sociedade. No entanto, parte da formação do personagem vem das circunstâncias que o cercam – particularmente seu diagnóstico com câncer terminal. Criando um personagem complexo como Walter White, Breaking Bad continua sendo relevante para o público e profissionais anos após sua conclusão.

Notícia O Dr. Eric Bender analisou Walter White, personagem da série “Breaking Bad”, e afirmou que ele tem tendências narcisistas desde o início.
Personagens Walter White (interpretado por Bryan Cranston)
Circunstâncias Diagnóstico de câncer terminal impulsiona Walter para uma jornada obscura e perigosa.
Conclusão Breaking Bad continua sendo relevante para o público e profissionais anos após sua conclusão por criar um personagem complexo como Walter White.

Com informações do SCREENRANT,

Leave A Reply

Your email address will not be published.