Notícias e entretenimento nerd!

Revelado! Passado TRÁGICO de Ruby antes da morte de Ai em Oshi no Ko

0

Mangá Oshi no Ko choca leitores com triste história de personagem principal

Os autores Aka Akasaka e Mengo Yokoyari chocaram os fãs do mangá Oshi no Ko com a revelação da vida passada de Ruby, uma das crianças que reencarnaram como filhos da cantora ídola. No capítulo 120, foi descoberto que a mãe adotiva de Ruby não tinha nenhum afeto por ela, tornando sua morte ainda mais trágica.

A história pregressa de Ruby explica sua dedicação extrema à antiga diva e levanta questões sobre o uso da reencarnação na narrativa do mangá. Na fase atual da história, Ruby está se preparando para interpretar a mãe adotiva em um filme biográfico e está tendo dificuldade em entender os problemas de relacionamento entre aquela personagem e sua mãe verdadeira.

A revelação da vida anterior de Ruby também abre portas para novos conflitos. Se ela se encontrasse com sua mãe verdadeira, é provável que haja muita tensão e dor dentro dela, provocando ainda mais tristeza. Além disso, não se sabe ainda como será abordada a relação entre Ai e sua mãe no filme biográfico de Aqua.

Oshi no Ko é conhecido por criar tramas delicadas e interconectadas que refletem sobre a fragilidade dos laços humanos e artísticos. A obra tornou-se referência na habilidade de manejar habilmente assuntos sensíveis envolvendo amor, família, arte e infortúnio. Parece que essa tendência promete perdurar nas próximas publicações, surpreendendo ainda mais os fãs desse enigmático universo ficcional.

  LUFFY NÃO É O PIRATA DO CHAPÉU DE PALHA MAIS CONECTADO À TRIPULAÇÃO DO SHANKS
Notícia: Aviso! Contém spoilers para Oshi no Ko #120!
O mangá Oshi no Ko, escrito por Aka Akasaka e Mengo Yokoyari, chocou seus leitores com o triste destino de sua personagem principal. Os dois fãs que reencarnaram como filhos da cantora ídola morrem brutalmente em sua frente.
Capítulo 120 revela a vida passada de Ruby (uma das crianças) como Sarina e mostra que sua mãe não tinha nenhum afeto por ela, mesmo quando estava doente.
A triste história pregressa de Ruby explica sua dedicação extrema à antiga diva e provoca uma reflexão sobre o uso da reencarnação na narrativa do mangá.
A descoberta de Sarina mostra que o mangá é muito mais do que um mero conjunto de cenas violentas e explícitas.
Oshi no Ko cria tramas delicadas e interconectadas para refletir sobre a fragilidade dos laços humanos e artísticos.

Com informações do SITE Screen Rant:

Leave A Reply

Your email address will not be published.