Notícias e entretenimento nerd!

Será o FIM do ELITISMO tóxico nos GAMES? Final Fantasy XVI pode ter a RESPOSTA!

0

A Square Enix lança Final Fantasy XVI e traz esperança para o fim do elitismo tóxico nos jogos

A Square Enix acaba de lançar a última edição numerada de sua franquia mais popular, Final Fantasy XVI. O jogo vem dos mesmos criadores de Final Fantasy XIV, Naoki Yoshida e sua equipe, que salvaram o MMORPG da beira do precipício e agora estão focados em trazer nova vida à franquia como um todo.

Embora tenha recebido críticas extremamente positivas, os jogadores nas redes sociais reclamam da facilidade do jogo por causa dos “anéis de trapaça”: acessórios que os jogadores podem utilizar para simplificar e até mesmo automatizar partes desafiadoras do jogo, como gerenciar companheiros e evitar mecânicas complexas.

Porém, essa inclusão de itens para facilitar o jogo pode abrir portas para um público mais amplo. Para aqueles que são novos no mundo dos games, ter a oportunidade de experimentar uma história incrível como a contada em Final Fantasy XVI pode ser muito atraente sem ter que lutar com mecânicas incompreensíveis.

A inclusão desses anéis pode atrair um público que nunca tocaria no jogo de outra forma.

Embora alguns argumentem que modos fáceis e difíceis já existam nos videogames, muitas vezes essas opções não resolvem as mecânicas mais complicadas para quem se interessa pelas histórias em vez da jogabilidade. A inclusão desses anéis pode atrair um público que nunca tocaria no jogo de outra forma.

O setor de games é uma das indústrias de lazer com maior crescimento no mundo todo. É importante lembrar que se o setor quiser continuar expandindo sua audiência, deve considerar diferentes tipos de jogadores – inclusive aqueles que querem apenas apreciar boas histórias.

  Descubra quem escolher nas missões Letting Off Steam em FF16: Gav ou Otto? Jill ou Tarja?

Final Fantasy XVI abraça essa filosofia e o resultado foi uma obra-prima. Claro, o debate sobre a escolha de batalhas em turnos ou tempo real é outra questão. A verdadeira essência da franquia sempre foi a história emocionante. Em qualquer caso, nem todos os jogadores são iguais e Final Fantasy XVI oferece uma experiência para todos.

Enquanto as opções de dificuldade dos jogos existam, dar aos jogadores a opção de acessórios que tornem o jogo mais fácil é positivo. O que importa é que novos jogadores sejam atraídos para o mundo dos games e possam desfrutar do que cada jogo tem de melhor sem desistir das histórias por causa das mecânicas complicadas.

Final Fantasy XVI é o futuro da franquia e prova isso com grande sucesso.

É hora de recebermos novos jogadores com os braços abertos e mostrar a eles tudo que esse mundo emocionante pode oferecer.

Notícia: Final Fantasy XVI: o futuro da franquia
Square Enix lança Final Fantasy XVI, última edição numerada da franquia.
Criadores de Final Fantasy XIV, Naoki Yoshida e sua equipe, estão focados em trazer nova vida à franquia.
Anéis de trapaça são criticados por jogadores nas redes sociais, mas podem atrair público mais amplo.
Opção de acessórios que tornam o jogo mais fácil é positiva para novos jogadores.
Final Fantasy XVI é uma obra-prima que oferece uma experiência para todos.

Com informações do WEGOTTHISCOVERED:

Leave A Reply

Your email address will not be published.