Notícias e entretenimento nerd!

Stephen King Revela Livro Assustador Publicado por Contrato!

0

Stephen King revela que O Cemitério Maldito não era um de seus livros favoritos

Um dos livros mais perturbadores de Stephen King, intitulado O Cemitério Maldito, desperta o interesse dos fãs do autor e ganha notoriedade. No entanto, surpreendentemente, essa história foi publicada apenas para cumprir uma obrigação contratual e não é um dos favoritos do próprio King.

Em uma entrevista exclusiva para a Entertainment Weekly em 2019, King revela que nunca gostou verdadeiramente dessa obra. Ele descreve o livro como “terrível” e admite que a única razão pela qual foi publicado foi por causa de um contrato vinculativo.

Houve um tempo em que ele havia assinado um contrato com a Doubleday, chamado de Plano de Investimento do Autor. Esse contrato previa o pagamento anual de US$ 50.000, isentos de impostos. Para dois jovens que nunca tinham dinheiro, essa quantia era uma fortuna.

No entanto, antes que King pudesse concluir seu contrato com a Doubleday, eles retiveram o dinheiro dele. Sentindo-se maltratado pela editora, ele decide mudar para a Viking e construir sua carreira lá, com sucessos como A Zona Morta, Cujo, A Incendiária e Quatro Estações.

Em um determinado momento da trajetória de King, o dinheiro retido já não era importante para ele. No entanto, seu editor da época lembra-o de que se ele falecesse antes de receber esse dinheiro retido, a Doubleday poderia entrar com um processo legal contra sua família, exigindo pagamento dos impostos sobre essa quantia.

Diante dessa situação complicada, King é informado por seu editor: “Se você morrer, a Receita Federal vai implorar à sua família, porque eles vão alegar que todo o dinheiro do fundo de investimento da Doubleday é seu. E eles terão de pagar impostos sobre o dinheiro que você não recebeu”.

Assim, King é obrigado a dar à Doubleday outro livro, e parte do acordo era que eles poderiam publicá-lo em seus próprios termos. Foi então que O Cemitério Maldito chegou às prateleiras sob o selo da Doubleday.

Apesar do desgosto inicial do autor em relação ao livro, O Cemitério Maldito se tornou um sucesso entre os leitores e foi adaptado para o cinema em três ocasiões: em 1989, com o diretor Mary Lambert; uma sequência em 1992; e, mais recentemente, um remake em 2019 dirigido por Kevin Kolsch e Dennis Widmyer.

Embora tenha sido originado de uma situação contratual indesejável para King, O Cemitério Maldito conquistou um lugar especial no coração dos fãs do autor, consolidando-se como uma história arrepiante envolvendo um cemitério indígena capaz de trazer seres vivos de volta à vida.

Notícia
Um dos livros mais perturbadores de Stephen King, intitulado O Cemitério Maldito, desperta o interesse dos fãs do autor e ganha notoriedade.
King revela em entrevista que nunca gostou verdadeiramente dessa obra, descrevendo-a como “terrível”.
O livro foi publicado apenas para cumprir uma obrigação contratual com a editora Doubleday.
O Cemitério Maldito se tornou um sucesso entre os leitores e foi adaptado para o cinema em três ocasiões.
A história envolve um cemitério indígena capaz de trazer seres vivos de volta à vida.

Com informações do SITE Legião dos Heróis

  Praetorian Guards Finalmente São Mostrados Como Ameaçadores
Leave A Reply

Your email address will not be published.